14/01/2010

Novo álbum chegando...


Nestes dois anos, Fernanda Takai ficou se dedicando à carreira solo, mas de modo algum esqueceu do Pato Fu - continuou os shows com a banda. Felizmente, em fevereiro de 2010, o Pato Fu já anunciou que lançará um novo álbum, porém, Fernanda não quis revelar mais detalhes "O Pato Fu é bom porque sabe manter o suspense" disse Fernanda.
E então venho aqui falar um pouco sobre cada um dos álbuns lançados até agora:

1 - Rotomusic de Liquidificapum (1993): Não é um de meus favoritos, na verdade é o álbum que eu menos ouço deles... Mas é inegável que é super original e mostrou ao brasil em 1993 uma nova maneira de fazer música, misturando tudo!
2 - Gol de Quem? (1994): Nesse álbum ficou clara a influência dos Mutantes na banda, tanto que a música Qualquer Bobagem fora regravada. Sobre o Tempo, Spoc e Mamãe Ama Meu Revólver são inesquecíveis!
3 - Tem, Mas Acabou (1996): Esse álbum é bem divertido, principalmente nas faixas Água, Pinga, Capetão... Que usam do humor para falar de problemas reais...
4 - Televisão de Cachorro (1998): Um de meus álbuns preferidos, foi quando as músicas mais sérias entraram para ficar nos CDs da banda. Antes Que Seja Tarde (na minha opinião a melhor música), Canção Para Você Viver Mais (música mais linda) e Eu Sei (cover do Legião Urbana) são imortais na voz de Fernanda.
5 - Isopor (1999): O auge do Pato Fu! Começando com a música em japonês Made In Japan, foi nomeado, com razão, um dos 10 melhores álbuns de rock nacional. Depois, Perdendo Dentes e O Filho Predileto de Rajaneesh são outras músicas ótimas no álbum, mas o bom mesmo é ouvi-lo inteiro, pois todas as músicas são ótimas!
6 - Ruído Rosa (2001): Outro álbum fantástico, a música Eu fez muito sucesso, assim como seu clipe. Tribunal de Causas Realmente Pequenas (que também tocava no seriado Ilha Rá-Tim-Bum), Ninguém e Que Fragilidade são minhas favoritas do álbum.
7 - MTV - Ao vivo no Museu de Artes da Pampulha (2002): Em um show fantástico de comemoração de dez anos da banda, o Pato Fu tocou músicas de todos os álbuns, variadamente. Mas isto não foi tudo, a banda, sendo uma das mais criativas e geniais até hoje de nosso cenário nacional, inovou as músicas, criando novos ritmos e combinações, além de nos apresentar músicas novas como Por Perto, Não Mais, Nada Pra Mim e Me Explica.
8 - Toca Cura Para Todo Mal (2005): Outro de meus álbuns favoritos, este álbum juntou todos os estilos de Pato Fu. Mesmo depois de tanto tempo (já que a banda entrou de férias depois que a filha de Fernanda e John, Nina, nasceu) valeu a pena a espera, pois o álbum ficou ótimo, principalmente nas faixas: Uh Uh Uh La La La Ié Ié, Anormal e Estudar Pra Quê?
9 - Daqui Pro Futuro (2007): Esse foi o álbum mais diferente do Pato Fu. Em sua maioria, as músicas são mais calmas e mais poéticas, dando espaço a instrumentos medievais e até sons de realejo. Este álbum mostrou mais da suavidade da voz da Fernanda, principalmente na música Espero. Mas para quem ainda prefere as músicas agitadas, a faixa Woo! não deixa a desejar... Um álbum muito diferente e inovador, um dos favoritos, também!

Quase junto com Daqui Pro Futuro, iniciou-se a carreira solo de Fernanda Takai, com o álbum Onde Brilhem Os Olhos Seus (2007). O CD foi um sucesso das músicas de Nara Leão cantadas pela linda voz da Fernanda, rendendo prêmios e mais prêmios. Em 2009 Fernanda lançou Luz Negra, um registro em CD e DVD sobre o disco anterior. O resultado foi ainda mais surpreendente, rendendo ainda mais prêmios. Mesmo felizes com o sucesso de Fernanda, nós, fãs, estávamos sentindo falta do Pato Fu... Bom, estou ansioso para o novo álbum e sei que, como sempre, o Pato Fu surpreenderá novamente...

xDan

Um comentário:

Marcos Lessa disse...

As minha musicas preferidas sao "Spoc" e "Pinga"
[...sera que isso e bom ou ruin...]

☺☺☺