15/09/2011

Ao Mestre Yoda

 Certa vez estávamos nós, a família reunida, fazendo a maior farra em alguma comemoração (natal ou ano novo). Meu vô chegou andando devagar, com a bengala o apoiando. Todos pararam a dança e a bagunça para deixar ele passar e tentar não pisar no pé dele. Tão cuidadosos, fomos surpreendidos quando este mestre, ao chegar ao centro da roda, simplesmente deu uns 'pulinhos' antes de prosseguir seu caminho. Todos demos risada, claro, e eu me lembrei naquele instante do querido Mestre Yoda, que chega andando devagar com sua bengalinha, mas em seguida puxa seu sabre de luz para enfrentar energicamente o Conde Dookan.
 Bem, esta postagem meio nerd é a forma mais divertida que encontrei de homenagear este grande mestre que agora seguiu em frente. Todos sentiremos saudade, claro, mas seria egoísmo desejar que ele voltasse atrás sendo que um novo mundo o aguarda.
 Vô Antônio, que a força esteja com você! Tenho certeza que aí tudo está ótimo, do jeito que você merece! Quando eu chegar aí quero que volte a me chamar de alemão! x)

xDan

Nenhum comentário: